Mon Amour

...

Encontro vegetariano

Postado por - 05/03/2013

Eu amo   14 comentários

Me tornei vegetariana em agosto de 2011, mais ou menos na mesma época que me mudei pra Chapecó novamente, eu sempre tive preocupação com essa questão de alimentação carnívora desde criança, meus pais foram vegetarianos algum tempo (no caso deles, mas por questão de saúde mesmo). Tive meu primeiro contato com carne aos 4 anos, eu nunca fui muito fã de carnes vermelhas, só comia em churrascos mesmo, lá de vez em quando. Eu nunca parei para pensar do porque de eu ter tomado essa decisão. Em Curitiba, morávamos em uma casa com um terreno bastante grande, minha mãe começou então a criar galinhas no quintal, haha, para termos uma alimentação mais saudável, com ovos orgânicos e tal. Nós nunca havíamos matado nenhuma delas, mas um certo dia um tio meu resolveu fazer a tal façanha. Ou seja, um dos animaizinhos que viviam ali no meu quintal havia virado janta, a partir dai eu comecei a diminuir cada vez mais meu consumo de carnes. Quando cheguei em Chapecó minha irmã e eu fomos em uma palestra, lá o documentário A Carne é Fraca foi passado, foi o que eu precisava pra enfim tomar a decisão de parar de comer animais. O que me deixa extremamente feliz foi que não fui apenas eu, mas a minha irmã (meu orgulho) também parou! :)

Somos ovolactovegetarianas (do tipo que ingere ovos e leite) e confesso que no começo foi um pouco difícil. O fato da abstinência da carne nas primeiras semanas foi mais pela questão de não saber bem como elaborar algumas receitas. A aceitação dos amigos e da  minha família foi o que mais me surpreendeu, de uma forma boa, é incrível como todos aceitaram, na época eu namorava e até meu ex resolveu parar de comer carne, meus amigos (lindos!) sempre respeitaram e nossas jantinhas sempre tem opções vegetarianas, minha mãe também não traz carne pra casa há muito tempo. É claro que sempre rolam piadinhas ao respeito, mas com o tempo aprendi a lidar bem com isso, hoje já não me importo mais. Aliás, foram essas piadinhas que me motivaram a criar um grupo no Facebook, o Vegetarianos de Chapecó (que agora passou a ser do Velho Oeste) para trocarmos experiências, receitas… Eu conhecia algumas vegetarianas aqui na cidade, convidei elas pro grupo, elas convidaram alguns conhecidos e assim por diante. Depois de um tempinho descobrimos que já existia um desses grupos, juntamos os dois e ele vem crescendo cada vez mais (estamos com mais de 80 membros)!

Tivemos o nosso 4º encontro nesse sábado, com o tempo estamos nos conhecendo melhor, trocamos muitas experiências e sinto que farei amizades que duraram para uma vida toda. Além do amor pelos animais, boa parte do grupo também compartilha do bom gosto musical, cinemático e literário! :) No grupo existem ovolactovegetarianos, veganos (além de não comer nenhum tipo de carne, também não consomem ovos, leites e derivados) e também alguns simpatizantes. O primeiro encontro foi bem tímido, mas agora estamos interagindo bem mais, ou seja, estamos nos tornando cada vez mais próximos. Além das comidinhas, as risadas também foram deliciosas! Ser vegetariano faz bem para você e sua saúde, pros animais e para o planeta! :)

IMG_4768

Todo mundo reunido :) IMG_4796-2

IMG_4705-2

O encontro teve nome vegetariano, mas as receitas foram todas veganas e estavam uma mais gostosa que a outra.

IMG_4812-2

O encontro foi realizado no salão de festas do prédio da Consuelo, a vista lá de cima é linda!  E a ideia das velinhas foi da mãe dela, que é uma fofura! IMG_4709-2

IMG_4701-2

Ficou difícil decidir qual foi o prato mais gostoso, tivemos sushi, comida árabe, empadinhas, canudinhos com vegarela, tortas e outras coisitas mais. Tava tudo uma delícia, tanto que logo vou tentar testar todas essas receitas (se der certo coloco aqui no blog).

anigif3

Por último tenho que contar do meu “feito” da noite, coloquei a câmera no timer para tirarmos a tal foto em grupo, só que detalhe, quando fui ajustar escolhi uma função que tira várias fotos de uma só vez, então quando o timer foi ativado saiu uma seguida de outra . O resultado tá aí, fiz um gif das quase 10 fotos xD. Essa aí foi a segunda tentativa, então todos sabíamos que ia acontecer, por isso tem gente (principalmente eu) se mexendo tanto!  Eu ri demais fazendo esse gif!

Obrigada pela visita, beijos e até logo,

Eve.

14 respostas para “Encontro vegetariano”

  1. Francieli disse:

    Nossa que comidas deliciosas!

    Eu não sou vegetariana, mas acho a ideia de vocês se reunirem em torno disso muito legal! Mesmo que não fosse para esse assunto em sí, mas só pelo fato de participar de um grupo e se conhecerem melhor!

    Beijos!
    blogdaruiva

  2. Camila Faria disse:

    Acho que tem ficado cada vez mais fácil encontrar opções veganas e vegetarianas nos restaurantes (pelo menos aqui no Rio), o que era praticamente impossível há alguns anos. Eu como (e adoro) carne, mas sou fã de receitas vegetarianas também. Esse livro aqui é ótimo (apesar de não ter fotos dos pratos): http://www.amazon.com/Vegan-Vengeance-Delicious-Animal-Free-Recipes/dp/1569243581

    :)

    • Evelise disse:

      Sim, essa população vem crescendo cada vez mais, fico cada vez mais feliz com isso! :D
      Acho muito bacana você gostar de receitas vegetarianas, quanto mais melhor, mais você contribui. Não sei se você conhece essa campanha, mas é ótima http://www.segundasemcarne.com.br/, vale a pena dar uma olhadinha e aderir :)
      Vou dar uma olhadinha no livro (ver se alguém tem pra me emprestar), ainda não conhecia, obrigada pela dica!
      ;**

  3. Maíra disse:

    que bom que gostou eve *—-*

    nossa, isso deve ser bem legal, reunir pessoas que tem o mesmo estilo e gostam da mesma coisa :D

    acho a ideia sua de virar vegetariana bem legal, ops, ovolactovegetarianas ( não conhecia essa palavra ahuahua )
    eu apoio realmente quem não come carne, eu queria ter essa força de vontade ahuahuah mas entendo, compreendo quem tem e quem gosta, e acho que a escolha é fantástica :D

    adorei as fotos e realmente a ideia das velas ficou um charme *—*
    deve ter sido uma delicia comer tanta comida gostosa assim :DD

    adorei o gif *——-*

    beijos :*

    • Evelise disse:

      É maravilhoso :)
      Ser vegetariano não é tão difícil assim, acho que as pessoas ficam meio perdidas só, mas se você pesquisar sobre o assunto consegue ver que é bem fácil e existem receitas deliciosas!
      E realmente, me dá água na boca toda vez que olho essas fotos xD
      Obrigada pela visita e pelo comentário!
      ;**

  4. wagner ferreira disse:

    Escrevendo do celular, um saco, quando puder apareça em Sampa para promovermos mega encontros com pessoas do Mercosul todo. Um abraço, bonito blog. Te amamos

    • Evelise disse:

      Ai, me senti honrada agora! Adorei o convite, assim que eu puder quero muito ir num desses encontros! ♥.♥
      Obrigada pela visita e por ter gostado do blog!
      ;**

  5. Lala Ismerim disse:

    Que legal hein.
    Uma pena que não é tão simples encontrar restaurantes com comida vegetariana né. Só nas grandes cidades mesmo.
    Não consigo deixar de comer carne mas acho super interessante dar uma variada.
    Beijo

    • Evelise disse:

      Pois é, se você mora em uma cidade muito pequena teria que ver de cozinhar em casa mesmo, mas se sua cidade é maiorzinha não fica tão difícil, Chapecó tem cerce de 200 mil habitantes e já tem um e outro chamado “espaço natural” onde também existem opções vegetarianas ^^
      Meu objetivo não é querer tornar ninguém vegetariano aqui no blog (é claro que quem toma essa decisão me deixa radiante de felicidade), mas qualquer coisa ajuda, um dia na semana que seja. :)
      ;*

  6. Fernanda disse:

    Que legal seu estilo de vida!!! Admiro!!! Adorei seu blog, tem uma vibração positiva, jovem, alegre!!!

    bjs e obrigada pela visita!!

  7. Jess disse:

    Ameeeei a ideia do encontro, adorei as fotos, fiquei com fome das comidas, e o gif ficou muuuito engraçado auheuhaeuhuh tem uma rapaz ali no canto que saiu comendo em todas as fotos auhauehueh.

    Quando eu for pra aí, vou querer participar :*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *