Mon Amour

...

3 séries que irão te fazer analisar sua forma de ver a vida

Postado por - 05/11/2016

Dicas, Séries   2 comentários

series

Nos dias de hoje temos acesso a conteúdos diversos na internet e que, se desejarmos, podem acrescentar muito no nosso crescimento inter e intrapessoal. Eu confesso que passo a grande maioria do meu tempo na internet e graças à isso (e ao meu vício em cinema) tenho contato com filmes, vídeos e séries incríveis. Existem séries demais e às vezes fica um pouco difícil colocá-las em dia ou selecionar as “melhores” – ainda mais se você for assim como eu, que acompanha muitas ao mesmo tempo. Vários dos seriados que eu assisto comecei a ver para passar o tempo mesmo, mas série é uma coisa viciante, né?! A gente se apega as histórias, aos personagens, passa a sofrer e a rir com eles e depois não consegue mais largar.

Neste post vou dar dicas não só das minhas séries queridinhas do momento para “passar o tempo”, mas também que tem e muito a acrescentar na sua vida. Todas elas contém, além de tramas espetaculares, criticas sociais que fazem todo sentindo ao serem comparadas com nossas vidas contemporâneas e nos propõe nos colocarmos no lugar dos personagens. Resumindo, se sua cabeça não explodir com tanta informação, você irá, no mínimo, passar a enxergar a vida de um jeito um pouquinho diferente.

Mr. Robot 

Esta série é praticamente uma sessão de terapia a cada episódio. Tendo como protagonista e principal ponto de análise da história a vida do jovem Elliot (Rami Malek), engenheiro de segurança em horário comercial e hacker nas horas livres. A trama gira em torno do momento em que uma sociedade secreta, a fsociety, comandada pelo Mr. Robot recruta Elliot.

Esse grupo de hacktivistas tem como principal objetivo tentar “dominar o mundo” e transformá-lo em um lugar melhor, começando com apagar todas as dívidas da sociedade atacando uma das maiores corporações, a fictícia Evil Corp. É uma série que possui uma grande crítica a sociedade capitalista, além de uma ótima fotografia e um protagonista maravilhoso. Prepare-se para uma autoanálise constante.

Sense8 

Dos mesmo criadores de Matrix, esta série é a mais difícil de se “explicar”, pois confesso que descobrir qual seu principal conceito não é uma tarefa fácil, mas se eu pudesse defini-lo em uma palavra, esta seria: conexão. A cada episódio, Sense8 consegue nos transmitir mais e mais a mensagem de que devemos nos colocar no lugar dos outros (na série isso acontece literalmente), sem julgamento e quebrando os tabus.

A história conta com 8 personagens principais, de países, sexualidade, realidades e portanto, cultura diferentes, eles passam a se interligarem psicologicamente e começam então a compartilhar suas histórias, emoções, pensamentos e como não poderia faltar, sensações. Um tem muito a aprender com o outro e nós com eles. Uma série com um roteiro genial, que nos faz expandir nossos horizontes e se interligar ainda mais com nossa humanidade. Outra coisa que eu amo nela é a abertura, se quiser ver clique aqui (lembrando que a série é indicada para maiores de 18 anos).

Black Mirror

Mais uma crítica a sociedade do consumo e a forma como viemos vivendo nossas vidas “tecnológicas”. Com episódios independentes, cada um com uma história e personagens (atores) diferentes, Black Mirror tem como principal modo de narrativa o extremismo. Esta trama vem para nos chocar com tecnologias e ações que, a princípio, parecem fugir da nossa realidade, mas que se bem analisadas nos trazem a um “futuro totalmente presente” em nosso dia-a-dia.

Nesta nossa busca constante por aprovação e apontamentos para julgar uns aos outros, cada história chega como um “tapa na cara”. Somos desafiados a não partir pelo princípio de que existe uma verdade absoluta e passamos a ser “forçados” a testar tanto nossa paciência, como nossa capacidade de julgamento. A série parte de um viés onde uma sociedade que se adaptou à tecnologias se mostra cada vez mais distante e desumana, vivemos como máquinas em um mundo que desmerece quem se mostra infeliz.

Estas estão sendo umas de minhas séries favoritas do momento (junto com Strange Things ♥) e exceto Mr. Robot, as outras podem ser encontradas na Netflix. Indico todas pra quem assistiu e gostou/amou/viciou em filmes como V de Vingança, Matrix, Clube da Luta e Trainspotting. Se você ainda não assiste alguma delas, espero ter te deixado convencida(o) a assisti-las e se você assiste alguma neste mesmo estilo e quiser me indicar, estou aceitando dicas.

2 respostas para “3 séries que irão te fazer analisar sua forma de ver a vida”

  1. MihOliveira disse:

    Somos muito gêmeas siiimmmm!!!

    Amo Sense8 e Mr. Robot. E já vou correndo procurar essa Black Mirror…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *