Mon Amour

...

Café Cultura

Postado por - 09/04/2015

Dicas, Turistando   1 comentário

IMG_1407

No fim de semana passado eu e o Cadu, meu namorado, fomos conhecer um novo café que abriu aqui onde eu moro, Chapecó. O Café Cultura é um lugar super agradável aos olhos e aconchegante que fica no meio do centro da cidade.

Eu fiquei extremamente apaixonada por cada detalhe da decoração, lá você pode ler os livros disponibilizados por eles enquanto aproveita seu café, pode comprar os quadros que estão expostos nas paredes e até levar seu pet pra ficar junto de você na área externa. Mostrei todos os detalhes nas fotos abaixo, espero que gostem.

IMG_1330

 Uma das especialidades da casa é o frapuccino com nutella, eu super recomendo, é uma delícia!

IMG_1357

IMG_1346

IMG_1353

IMG_1362

IMG_1350

IMG_1390

IMG_1416

IMG_1396

IMG_1405

Pra quem quiser visitar:

Rua Marechal José B Bormann 115-D, Centro | Chapecó – SC.

Horário de funcionamento: seg. à sex. das 8h às 19h e sábados das 9h às 17h.

Ou acompanhe pelo facebook.

E você, já conhecia ou havia ouvido falar do lugar? Tem algum outro lugar pra me indicar?

Beijos e até logo,

Eve

* Este não é um post patrocinado.

Fuga

Postado por - 29/03/2015

Textos   0 comentários

fugaa

Para ouvir lendo: De passagem – Cícero.

Olhando para os próprios pés, subiu as escadas do ônibus sem olhar para traz. Procurou no bilhete o número de sua poltrona por tempo demais, como se as letras embaralhassem a sua vista. Sentou-se e tudo que mais desejou foi que o motor desse partida. Parecia que havia chego cedo demais, pois a viagem demoraria 20 minutos pra começar.

Enquanto esperava, pensou em tudo que deixaria para traz. Pensou nos dias nublados em que desejará estar só com um livro a tiracolo, mas que era obrigada a passar no escritório trabalhando. Pensou nos dias quentes em que preferia ter passado deitada na grama ouvindo apenas o som de uma cachoeira. Pensou nos dias floridos em que tudo que mais queria era poder sair pra caminhar sem rumo. Pensou nos dias frios que desejará sair de dentro da sua cabeça. Pensou nas horas que devia ter falado e nas horas que devia ter se calado. Nas inúmeras vezes que deixou que lhe dessem as coordenadas e nas muitas outras que ficou sem rumo. Pensou se alguém sentiria sua falta e se demoraria em ser esquecida. Pensou nas diversas vezes que deveria  se sentir feliz e nas que se sentiu culpada por não estar.

Ela não entendia o porquê de sentir-se tão perdida, o porquê de parecer sempre ter assistido sua própria vida de fora. Sua vida era um filme a qual ela mesma não dirigia. Sem perceber era tarde demais para desistir, o ônibus começou a seguir rumo a estação do acaso. Dessa vez não hesitou em olhar pela janela, pois precisará dar adeus. Entendeu que pra chegar em algum lugar, precisará se deixar partir.

“E tudo foi desbotando até desaparecer.”

*Imagem de minha autoria.

Sutilmente, Nan Lawson

Postado por - 16/03/2015

Design   4 comentários

149af573af0714a3-grandbudapest_web

 Olá, tudo bem? Eu já postei aqui e também falei várias sobre minha paixão particular pelas ilustrações da Nan Lawson. Bom, esse não é um post pra falar sobre isso, mas sim pra lembrar de seus belos desenhos. Vou postar aqui seus trabalhos mais recentes pra você relembrar comigo ou conhecer.

Eu adoro o traçado e a delicadeza de suas ilustrações, assim como também a escolha de seus personagens. No site dela há desde desenhos que nos passam leveza até os que nos trazem nostalgia. E esse post é sobre isso, a nostalgia de relembrar minha paixão pela obra de Nan.

Espero que vocês aproveitem cada traço.

bdb929b5791e07bd-littlepoppins_LORES617deea78e4a97c3-antoinette_web

c7f05c86ba3f9b55-littleharry_LORES167694a130eb43d0-littlehermione_web

68521fbfec65b419-littleeleven_LORES f1d86f8b05403f50-littleten_LORES

Doctor Who ♥

c965145c4b58966e-edward_web

c462c486d2b051c4-goneadrift_web

03ccd28a3c456891-quailfanart_web

3c1ef5f703318df4-littlekhaleesi_LORES

Quem quiser saber mais sobre ela pode acessar o post que fiz há alguns anos e para acompanhá-la basta acessar seu site.

Obrigada por tudo e até logo,

Eve ♥

Novas Parcerias

Postado por - 06/03/2015

Biblioteca, Parceiros   3 comentários

Olá, Pessoal! Hoje venho aqui compartilhar uma ótima novidade com vocês, agora o Mon Amour é parceiro da Companhia Editora Nacional e da Conrad Editora (yay!). Nem acreditei quando soube a novidade de tão feliz que fiquei! Os títulos das editoras são uma graça e espero muito que essa parceria dê certo (e vai dar)! Caso você esteja se perguntando o porque de eu ter colocado as duas em um mesmo post é porque, sim, as duas são parceiras. Elas fazem parte de um grupo, o IBEP, com mais outras duas editoras, a Editora Ibep e a Base Editorial.

Em 1925 a Companhia Editora Nacional foi criada por Octalles Marcondes Ferreira juntamente com seu sócio, alguém nada menos que, Monteiro Lobato, que se preparava para publicar uma versão, supervisionada pelo próprio, do 1º livro escrito no Brasil no século XVI, o relato de Hans Staden, Meu Cativeiro Entre os Selvagens Brasileiros, numa tiragem de 5 mil exemplares. No ano de 1980, o Instituto Brasileiro de Edições Pedagógicas (IBEP) de Jorge Yunes adquiriu a Companhia Editora Nacional, formando um dos maiores grupos editoriais do país, com capital 100% brasileiro. E em 2009, a Conrad Editora foi comprada pelo Grupo IBEP-Companhia Editora Nacional.

Abaixo irei listar alguns dos próximos lançamentos das editoras e alguns dos meus títulos favoritos, até agora.

LOGO•Nacional_Color

 

 

 DESERTO DE OSSOS01

- Chris Bohjalian

Em 1915, o massacre de milhares de armênios perpetrado pelos turcos tingiu para sempre as areias do deserto sírio com o sangue e os ossos de uma civilização inteira. Em meio a esse cenário desolador, Armen Petrosian, um jovem engenheiro armênio que perdeu a esposa e a filha, e Elizabeth Endicott, uma rica jovem americana, se apaixonam. Mas antes de assumir o que sentem, eles se separam quando Armen se alista no exército britânico e Elizabeth vai trabalhar como voluntária. Ambos testemunharão atrocidades que os marcarão para sempre antes que possam se reencontrar. Quase um século depois, às vésperas do centenário do genocídio, a neta do casal, Laura, embarca em uma jornada pela história de sua família, descobrindo uma história de amor, perda e um delicado segredo que ficou soterrado por gerações.

 

 

 

 

02 JOGADAS DE ABERTURA

- Steven James

Nos livros da série, Patrick Bowers, um agente especial do FBI, impediu a ação dos mais cruéis assassinos seriais já imaginados. Agora Steven James leva o leitor de volta ao passado, para o assustador início da carreira Bowers.          

Milwaukee, 1997. Em uma cidade ainda assombrada pelos crimes de Jeffrey Dahmer, uma série de terríveis sequestros e mutilações leva as  autoridades para um caso nunca antes visto. A polícia acredita que um imitador de Dahmer está à solta.

 Mas Patrick Bowers, então um investigador de homicídios da polícia, suspeita de que exista algo além do que apenas uma homenagem ao infame    canibal. Quando descobre que os crimes assombrosos fazem referência a alguns dos assassinos mais macabros e notórios dos Estados Unidos, a  investigação se  desenrola em uma espiral de pesadelos, manipulações, brutalidade e terror.

 Valendo-se de avançadas técnicas de investigação, Bowers precisa desmascarar um assassino que não irá parar até que sua mensagem seja ouvida pelo  mundo. Arrepiante, audacioso e cheio de reviravoltas, Jogadas de Abertura é um livro imperdível para os fãs de Steven James e do agente Patrick  Bowers.

03

SEQUESTRADOS

- Robert Crais

 Elvis Cole e Joe Pike são contratados para encontrar uma garota desaparecida, mas a investigação acaba se transformando em um pesadelo. Cole  desaparece e Pike é obrigado a entrar no terrível mundo do tráfico de pessoas para tentar encontrar seu amigo. Mas talvez já seja tarde demais.

Emocionante, tocante e intrigante, com alguns dos melhores personagens e a melhor prosa da literatura policial, Sequestrados é prova de que “Crais continua ficando melhor a cada livro” (Publishers Weekly).

“Crais consegue deixar o leitor na dúvida o tempo todo com reviravoltas inesperadas e um ritmo alucinante, que faz o leitor sentir como se estivesse bem no meio de um filme de ação.” — Huffington Post.

ROBERT CRAIS é autor de quase vinte livros de ficção policial e de inúmeros best-sellers no New York Times; e também já ganhou diversos prêmios literários nos Estados Unidos. Seus títulos mais recentes são The first rule, The sentry e o best-seller nº 1 Sequestrados.

logo_conradAlta

06 CALVIN & HAROLDO – AS TIRAS DE DOMINGO 1985 – 1995
Bill Watterson

Um catálogo de exposição de Bill Watterson.

Nascido em 5 de julho de 1958 em Washington, EUA, Bill Waterson ficou famoso mundialmente como o criador da tirinha Calvin & Haroldo. Formado em Ciências Políticas, trabalhou durante seis meses como chargista político no jornal Cincinatti Post. Inspirado em Charles Schulz, começou a publicar as tirinhas de Calvin e seu inseparável tigre de pelúcia em 18 de novembro de 1985 – e parou no dia 31 de dezembro de 1995. Ganhou duas vezes o Reuben Awards, principal prêmio para cartunistas norte-americanos. Waterson também é conhecido por ser relutante no licenciamento de produtos relacionados a Calvin e Haroldo – não existem canecas nem lancheiras oficiais de Calvin, por exemplo.

 

EPILÉPTICO – VOLUME 1 05
David B.

David B. (pseudônimo de Pierre-François Beauchard) teve uma infância, até certo ponto, normal. Nascido em 09 de fevereiro de 1959 em Nîmes, uma pequena cidade próxima a Órleans, brincava com seus irmãos e vizinhos – amarrar sua irmã na cadeira como se queimasse Joana D´Arc é um dos divertimentos favoritos de Pierre e seu irmão mais velho, Jean-Christophe.

Porém essa paz é quebrada pela chegada do “haut mal” – termo coloquial francês para epilepsia. Jean-Christophe sofre seu primeiro ataque, e a doença começa a afetar toda a família. Enquanto a saúde do irmão mais velho começa a deteriorar, os pais arrastam toda a família Europa afora, por uma década, em busca de uma cura para a doença. Decepcionados com as saídas da medicina normal, decidem procurar saídas alternativas, das dietas macrobióticas aos templos Rosacruz.

Porém de nada adianta, e a família entra numa espiral, arrastada pela evolução da epilepsia de Jean-Christophe – tudo representado graficamente no engenhoso traço de David B. Epilético é repleto de metáforas visuais – a epilepsia é retratada, inicialmente, como uma espécie de dragão chinês com o corpo infinito, e quando Pierre, mais velho, começa a compreender melhor a natureza das convulsões do seu irmão, o monstro transforma-se em um aspecto do próprio Jean-Christophe.

 

04

O PEQUENO LIVRO DOS BEATLES
Hervé Bourhis

Depois de recontar a história do rock na HQ O Pequeno Livro do Rock, lançada pela Conrad Editora no início de 2010, o quadrinista Hervé Bourhis quis se dedicar a apenas uma e talvez a mais importante banda do gênero: os Beatles.
Nesta HQ é retratada a trajetória do grupo inglês desde antes de sua formação, passando pelos anos da Beatlemania, pela separação do grupo até se focar apenas na carreira solo de seus integrantes.

“Irresistível e gostoso de se ler.”
-O Globo

“Para quem curte rock, é um prato cheio e item de colecionador.”
- Revista IstoÉ Gente

Quero agradecer o carinho e a confiança dessas grandes editoras e por poder ter o prazer de trazer grandes títulos preciosos aqui para o Mon Amour. Espero que logo eu possa trazer ainda mais posts sobre essa parceria aqui para vocês.

Fique de olho também nos sites e redes sociais das editoras:

Companhia Editora Nacional: Site, FacebookTwitter.

Conrad Editora: Site, FacebookTwitter.

Beijos e até logo,

Eve ♥